sexta-feira, 12 de março de 2010

Trade-off

Foi lançada uma petição pelo cinema português. Do diagnóstico ali feito ao estado do cinema em Portugal, parecem-me faltar dois pontos bastante relevantes. Mesmo dando por garantido que sem dinheiro dificilmente há milagres (com honrosas excepções), faltou dizer que há projectos de qualidade abaixo de sofrível nos quais é obsceno injectar dinheiro de quem quer que seja sem serem os próprios promotores. E faltou equacionar o espectador como fonte de receitas que viabilizem os projectos para lá dos apoios públicos.

Isto dito, e concordando com as boas intenções expressas, gostaria de ver satisfeito apenas um desejo antes de juntar o meu nome ao das quase 850 pessoas que assinaram a petição até este momento. Como é de dinheiros públicos que falamos, gostaria que os promotores desta petição abrissem as portas das suas produtoras, já na próxima segunda-feira, às inspecções das Finanças, da Segurança Social e da ACT. Façam-me esta gentileza e eu assino na própria hora.